Descubra quanto cobrar pelos teus vídeos


Oioi, aqui é a Camila (@camipinto) e tô invadindo 🙃 o Blog do Marvel pra falar sobre uma das perguntas mais feitas nas redes sociais: quanto eu devo cobrar por um vídeo? 🤔



Agora, pensa aqui comigo: Tem um problema elétrico na minha casa e eu preciso contratar um eletricista. Entro em contato com o profissional, digo meu problema e peço um orçamento, mas o cara não sabe quanto cobrar, não me envia uma proposta clara, objetiva e apresentável. Eu devo confiar no trabalho dele? Acho que não né? Como Videomaker não pode ser diferente na hora de atender nossos clientes.


A gente precisa ser profissional desde o primeiro contato com o cliente: saber o que a gente faz, qual o valor do nosso trabalho, entender as expectativas e necessidades do cliente e as nossas próprias necessidades como profissional.


E se tu ainda não sabe calcular o valor da tua hora de trabalho, eu vou te ajudar. Neste post vou te dar uma luz pra terminar com esta angústia, de forma simples e descomplicada.


Quando a gente não pensa no nosso trabalho como um negócio, acontecem dois erros muito comuns: cobrar muito abaixo ou muito acima do valor necessário. Obviamente, não preciso nem dizer, que não existe um número mágico, já que cada um tem realidades e necessidades diferentes.


Tem várias maneiras de definir qual vai ser teu valor por hora de trabalho. Pode ser com base no valor do concorrente 👀, pode ser perguntando no grupo do Facebook 🤪, chutando um número qualquer 🙄… O que eu vou compartilhar contigo aqui, é a forma que nós utilizamos por aqui, com base em quanto a gente precisa, ou quer, ganhar por mês pra conseguir pagar nossas contas. Se tu aprendeu de outro jeito, ou faz diferente, e tá dando certo pra ti, ótimo! Continua do teu jeito. 👌


Pra começar, a gente precisa saber 04 informações principais:


  • Quanto a gente quer/precisa ganhar por mês: nosso "salário" pra pagar as contas do mês - aluguel, condomínio, luz, água, telefone, supermercado, farmácia... (não pode pirar aqui, hein? pensa num "salário" real, que tu ganharia no mercado de trabalho, se tivesse carteira assinada)

  • Qual o custo operacional da nossa empresa por mês (não esquece que sempre temos que pensar como uma empresa): quanto ela precisa ganhar pra pagar as contas do mês? internet, aluguel da firma, luz da firma...

  • Qual é o nosso investimento mensal em equipamentos? câmeras, lentes, computador, microfone... (se parcelou, a parcela entra aqui)

  • Quantas horas conseguimos trabalhar por mês como videomaker? trabalha só nos finais de semana? consegue trabalhar todos os dias? pensa e calcula aí.


Pra encontrar esses valores 👆é contigo. Bota todas essas informações no papel. 📝


"Ah Camila, mas eu não tenho gastos com a empresa ainda" - é só não somar nada! O que não tiver, é só não colocar.


Pois bem, agora que já achamos nossos valores principais, bora calcular o valor da nossa hora de trabalho.



Pra isso, basta somar o NOSSO VALOR + VALOR DA EMPRESA + EQUIPAMENTOS e dividir pela QUANTIDADE DE HORAS que a gente consegue trabalhar.


Por exemplo:


Coloquei todas as minhas contas no papel e descobri que preciso ganhar mensalmente R$ 1500, minha empresa precisa faturar no mínimo R$ 1000 e pago por mês R$ 850,00 em equipamentos. Somando tudo isso, chego num total de R$ 3.350,00 (Esse é o valor que preciso ganhar por mês pra cobrir todas as contas que defini lá atrás). 👇


QUANTO PRECISO GANHAR POR MÊS:

1.500,00

+ 1.000,00

+ 850,00